O melhor relato que você vai ler hoje!

>2k16
>31 de dezembro
>7pm
>19h da noite
>treto com minha ex e mando ela toma no cu
>terminamos
>mas essa história é outra
>2k17 solteirao
>vo come mina a rodo
>um dia desses tava numa rede social
>um deposito 8/10 me chama
>”oi, seria muito estranho alguém que nem te conhece te chama pra sair?”
>ta me tirando caralho? Já meti o don juan
>”não sei, me fala você, bora sai ?”
>marcamos de sair pro bar
>jaqueta de couro nova
>desodorante alma das flores
>perfume aquele caro n sei o nome vai toma no cu
>camisinha no bolso
>n sabia se ia come, mas melhor ter
>marco as 19h na catraca do metro
>20h nada
>20h10 ela chega
>lembra que eu falei que era 8/10?
>então
>nao
>caiu pra 6/10
>a mina parecia um gremlin de altura e formato da cabeça
>mas foda-se
>curto anãs
>nois se cumprimenta e vamo pedir um uber
>encostamo num muro
>varias pegação
>pau travado na densidade da dureza
>parecia que ia explodir
>ela vira de costas e atocha o cu no meu pau
>do uns bj no pescoço dela
>ela vira e fala
>”você tem que ir pra casa hoje?”
>CARALHOVOTRANSA
>VOTRANSAFILHADAPUTA
>VOCOMEUMGREMLIN
>”não, sem pretensão, e você?”
>”já avisei minha mae q n vo dormir em casa” risos
>vai se fode a mina quer meu pau
>chega uber
>o cara tem nome duplo
>chegamos no bar
>bebemos duas cervejas
>”vamo vaza?”
>”vamo”
>nervoso vai toma no cu
>vo quebra essa mina na envergadura do pau
>fomos na farmácia e tal
>ela pergunta se tenho camisinha
>fudeu parza
>”tenho”
>”quantas?”
>”três”
>”melhor levar mais”
>essa mina ta me tirando
>ela acha que vai aguenta mais de três comigo
>o picao
>o pau grosso
>metelão de Itaquera
>o famoso zé do picadinho
>o pau de kilombola
>tora albina
>suave, levo mais um pacote de camisinha
>pedimos uber e tal
>esse n tinha nome duplo
>no carro só as mao nervosa dentro da calça
>já tirou o brinquedo pra fora e veio bicando
>”eu vou destruir você”
>pensei comigo
>chegamos no motel
>ela vai no banheiro e eu tiro foto pq tinha q prova que ia come uma mina
>os parza n iam acredita
>ela volta de calcinha e sutiã
>lembra que eu disse 6/10?
>então
>sim
>zuera
>não
>a mina era uma 5/10
>peito caidao
>parecia um balao de festa cheio de óleo
>a mina parecia que tinha tomado hormônio de porco
>quase perguntei se ela tinha tireóide
>mas fds
>ta na chuva é pra se queimar
>vou furioso pra cima
>a mina já tira minha calça
>tira o diabo branco
>começa a fazer a dança do mal com a língua
>e a mina mandava bem
>meu deus a mina mamava igual um bezerro
>certeza
>certeza que ela já chupou kilos de rola
>n é possível
>a mina tinha uma habilidade que vai toma no cu
>sem pudor
>eu n tava com tesão
>tava impressionado assustado
>mas fodase
>abro as perna da calanga e vou dar banho de galo
>xaniqua 9/10
>macia pequena e rosada
>vamo pros finalmente caralho
>vo te mata mina
>vo te empala
>vo te faze de picolé
>ai q me enganei
>pego a troxa de quatro
>pego a troxa de frente
>de lado
>frango assado
>canguru perneta
>bicicleta tailandesa
>macarrão três horas
>e a mina n parava
>já tava zuado de cansado
>fora q 4 dias antes tava internado com pedra no rim
>falei
>”vem por cima”
>agora suave, vo descansa
>pensei
>HAHAHAHAHAHAHA
>a mina me destruiu
>a mina n devia transa a uns bons 100 anos
>parecia que tinha um martelo rompedor no lugar da coluna
>a mina sentava e rebolava igual um macaco de circo
>e a mina não parava
>CARALHOVAITOMANOCUPRECISOBOTAOBRINQUEDOPRACUSPIR
>ai já leitei e fiquei suave
>”pronto porra, finalmente”
>pensei
>não contente a mina começo a mamar
>e a parada começou a ficar dura
>ah vai toma no cu mano, meu deus
>ME DEIXA DORMI
>”vamo mais uma?”
>ela pergunta
>eu vou falar não ?
>LOGO EU
>O DEMONIO
>”LÓGICO”
>eu vo morre
>transamo mais um bom tempo
>até q eu quitei
>dava não
>a mina transava com proeficiencia
>sexo lvl 100
>mandei a real que tinha pedra no rim
>a mina ficou preocupadassa
>suave
>deitamos pra ficar de boa
>a vagabunda me solta
>”posso ir te chupando enquanto você descansa?”
>mano
>sem zua
>eu queria da uma joelhada na boca da mina
>mas o boquete dela era trevoso
>”opa”
>me mamo e eu leitei
>dormimos
>acordamos
>mina com a mao no meu pau
>seis tao ligado o que rolou
>sim
>sexo
>transamo mais que a sua mae quando seu pai vai trabalhar
>deu o horário e fomos embora
>vergonhoso
>se tem uma coisa que eu senti foi vergonha
>sai do motel com as perna tremendo
>mas tava feliz pra caralho
>mas tava puto também
>n ia deixar isso barato não
>quem essa mina pensa q é?
>senta
>me faz de moleque
>e sai toda pa
>nem fudendo
>preciso de uma revanche
>e tive
>mas ai é outra historia
>picas da noit

REVANCHE

>ham
>se ta me tirando né caralho
>a mina veio
>me chamo pra sai
>me levou pro motel
>me fez de criança
>riu da minha cara
>como se fosse eu um maldito
>ela achou q ia ficar por isso
>deve ter contado pras amigas
>”sai com um cara e quebrei ele”
>”não aguentou duas seguidas”
>”risosrisosrisos”
>vagabunda
>piranha
>gostosa
>quem ela pensa que é?
>uma deusa do sexo?
>deve ser
>mas eu sou a porra do Kratos da putaria
>caralho
>”eu vo te mata”
>repetia isso todos os dias de manhã pensando nela
>”ah se eu vo”
>”vo destruí teu útero”
>“vo fazer um strogonoff dentro de você”
>essa era meu mantra diário
>”vo te enche igual um padeiro enche um sonho”
>FOCO
>VENGEANCE IS MINE
>caralho
>após os acontecidos, contei aos meus amigos
>todos acharam foda, do tipo
>”CARALHO VIADO, ESTOURO, CATOU UMA PUTA SEM COBRA”
>”A MINA FEZ TUDO MLK, BANGO O BOB MARLEY”
>mas eu n tava daora
>eu tava puto
>eu tava só o eminem em rap god
>puto
>teve fatos que nem contei
>me deixou com um roxo no braço
>marca de chupao no pescoço
>tive que trabalha 4 dias com gola rolê
>um calor do caralho
>mas fds agora
>agora é minha vez
>marquei com ela na semana seguinte
>aqui em casa
>no meu templo
>”eu vou ser teu deus”
>eu repetia
>marco com ela 14h na catraca do metro
>ela chega 14h30
>pq puta n sabe chegar no horário
>encostei ela e dei uns bj
>só pra mostra que ainda tava na fúria
>mas n era fúria sexual
>não meus amigos
>era fúria de da murro
>fuma ela no soco
>mas só risos
>”vamo lá pra casa”
>”vamo”
>chegamos em casa
>levo pro meu quarto
>ela encontra meu gatinho
>sim, tenho um gato
>ela começa a brincar com ele
>”que coisinha mais linda”
>”aproveita, pq essa é a única coisa bonita que você vai ver aqui no inferno”
>pensei cmg
>tirei o gato do quarto , fechei a porta e virei pra tirar o tênis
>falei
>”fica avonts ai, se tá em casa”
>quando eu virei ela já tava sem saia
>já fui pra cima do monstro
>foca no kratos da putaria
>segurei no rabo do gremlin e tirei a calcinha dela puto
>”meu deus ahaha”
>ela disse
>”deus te abandonou à muito tempo”
>pensei
>tirou minha calça
>tirou minha cueca
>diabo branco putasso
>”eu vo mata essa mina”
>já engoliu o mameluco
>foi naquela hora que eu sabia q ia ter problema
>serio agora
>foco
>a mina sabia o que tava fazendo
>só minha raiva n ia adiantar
>eu teria que ter calma e foco
>até pensei em passar xilocaína no pau
>a mina mamava demais
>lambia até saco
>parecia que tinha 18 linguas
>esperei ela deixar o brinquedo só no mel
>abri as perna do morcego
>toquei a gaita de Afrodite
>mina gemendo 9/10
>voz de ninfeta
>nem falei isso
>a calanga ficou de quatro e disse
>”eu quero você, me fode”
>ela me quer
>eu vou fode-la
>camisinha no cacete pra n suja o pau de tolete
>vi aquele rabo de quatro
>rabo daora memo
>ela era baixinha e coxuda
>então imagina
>parecia uma mini bobcat
>joga no google ai
>larguei o tapa pesado
>quase falei
>”ANTONIO NUNES”
>mina geme e eu bato de novo
>”me bate mais forte”
>que
>QUE
>O QUE ?
>a vai toma no cu
>mano sem zua, eu n sou o dwayne johnson
>mas eu tava largando o braço na mina
>a mina me solta uma dessa?
>ah vai toma no cu
>quase dei um murro no cox dela
>ta me tirando caralho
>TA ME TIRANDO CARALHO
>EU SOU O DIABO
>OH SUA PUTA
>mas não, era isso q ela queria
>me provoca, me faze de mlk de novo
>eu n ia cair no jogo dela
>passei a trolha na xoronha dela
>o cepo de alcalipto
>é hoje q eu vo fazer a ligação do Minhocão com o Rodoanel
>entrei
>ela deu uma gemidinha básica
>e foi ai que começou
>fui até o fundo da caverna
>pousei minhas duas mãos sobre as nadegas dela
>fechei meus olhos
>”senhor”
>”faço piadas com diabo”
>”mas hoje não é um dia para piadas”
>”eu nunca lhe pedi nada”
>”exceto quando eu pedi pra você matar meu tio, mas vc n atendeu então tamo no zero a zero”
>”me de forças”
>”não abandonastes teu filho nessa hora”
>rezei pra atena, odin, kali, maome, baphomet, goku e até pra porra do alexandre frota
>era agora meus amigos
>o bem contra o mal
>vocês acham que o apocalipse que ia ser a batalha da salvação n é?
>mas n
>foi ali
>diabo branco vs xota nervosa
>pensei em todas as pessoas que eu gostava
>amigos, família
>eu estava num caminho sem volta
>então eu abri meus olhos
>apertei o rabo dela
>ela vira a cabeça pra mim
>eu olho no fundo dos olhos dela e mentalmente digo
>VOCE TA NA MINHA CASA
>NO MEU TEMPLO
>E HOJE
>AAAAA
>E HOJE É VOCE
>QUEM VAI SENTIR
>O MARTELO
>DA JUSTIÇA
>E VOCÊ NADA PODERÁ FAZER PARA IMPEDIR ISSO
>SABE PQ?
>PORRA
>YOU
>HAVE
>NO
>POWER
>HERE
>CARALHO
>e começamos a batalha
>o coro comeu
>fizemos de tudo nessa cama
>de quatro
>de frente
>de lado
>cama de gato
>compasso jamaicano
>farofa ao molho branco
>cabeça de gigante
>flor que não se cheira
>olho de bahiano
>e por ai foi
>fomos uma
>duas
>e eu já tava me sentindo fraco
>pedi forças
>e me atenderam
>na terceira eu só vi as perninhas da dragão tremendo
>eu falei
>”é agora”
>lasquei um tapa naquele rabo
>olhei pro cu
>o cu me olhou
>”você achou que eu não ia te zua né”
>senti que o cu me olhava com uma expressão de terror
>”eu vo te zua”
>tirei meu pau da bucenha
>nisso, algo me tocou na cabeça
>uma coisa boa
>pura
>uma coisa de deus
>e uma voz lá no fundo falava
>”mano, se trocou o lençol essa semana”
>”e dai?” eu questionei a voz
>”se quer mesmo correr o risco de sujar o lençol de merda?”
>eu ponderei por 3 segundos que pareceram 20 minutos
>a voz tinha razão
>se eu enfia meu pau aqui
>e sai bosta
>e cai na cama
>eu vou deita essa mina no soco
>eu vou quebra uma lâmpada nela
>nisso ela foi mais rápida
>ela se deitou e virou de lado e disse
>eu nunca vou me esquecer daquelas palavras
>as palavras da vitória
>”me dá só um tempinho”
>ela quitou
>ELAQUITOUFILHADAPUTA
>me senti o rocky balboa
>me senti um cometa
>meu corpo parecia a porra duma tocha olímpica
>eu tava me sentindo em chamas
>ON FIRE
>e então, após esse breve momento de deleite eu tombei do lado dela
>olhei pra ela
>ela me olhou
>e ali eu sabia que tudo estava bem no final
>”eu te zuei”
>pensei comigo
>ela deitou no meu peito e ficamos ali um tempo
>só curtindo o som dos meus vizinhos gritando
>depois ela me mamou
>que mamada
>nem leitei
>nem tava sentindo o pau
>pensava
>”pau? q pau? kkkk”
>mas fodase
>dei a permissão dela toma banho
>eu sou um puta cara legal
>só n me zoa
>levei ela no metrô e tudo no final acabou bem
>eu tomei essa experiencia como uma lição de vida
>primeira é que você nunca deve subestimar um rostinho feio
>é nos cu mais feio que se encontra as melhores cagadas
>segunda é que você SEMPRE deve buscar redenção
>não foi vingança
>foi redenção
>pra tirar esse peso de que fui zuado
>e a terceira e mais importante
>por mais foda que a mina seja
>por mais agressiva
>violenta
>pistoluda que a mina seja
>nunca
>jamais
>deixe a mina te zua
>muita mina vai te zua ainda
>essa aqui n foi a primeira e nem a última q me zuo
>zoa ela de volta
>você acha que essa parada vai acabar com uma história motivacional?
>e vai
>zuera
>vai nao
>foca em comer xanas
>foder xotas
>jantar julianas
>esse é o objetivo da vida
>uns contam histórias
>outros contam dinheiro
>eu quero é contar tchelecas
>mclannovamente
>pq dessa xota nervosa eu nunca vou esquecer
>um beijo do diabo branco
>até a próxima
>porra

Fonte: Se souber me avise, recebi pelo whatsapp :}

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *