Até onde e quando acessórios e brinquedos sexuais valem a pena e são usados?

Imagem: Noticias ao Minuto

Imagine que você e seu parceiro(a) estão moderadamente satisfeitos um com o outro na hora do sexo. Já transaram muito, em vários lugares diferentes e estão acostumados um com o outro. Qual a chance de você ter a iniciativa de ir presencialmente numa loja de sex shop ou acessar um site e comprar um produto? Isso varia bastante é claro. Mas vamos supor que você seja uma dessas pessoas que comprou um acessório para experimentar e a experiência que teve foi legal. Você acha que vai utilizar esse acessório mais vezes? Por quantas vezes? Até que ponto o uso de algo específico se transforma em rotina? Já pensou se todo aquele kit caríssimo que você comprou não for usado?

O ponto que quero chegar é que sexo (com real dedicação) é bom e se você quer melhorá-lo com algo diferente, melhor ainda! Só não se esqueça de consultar sua ou seu parceiro antes. Não é por que você quer fazer uma surpresa que a outra pessoa vai de fato gostar, não é?

De acordo com o site Sexo sem Dúvida, dentre os 10 produtos sexuais mais vendidos no Brasil, falarei sobre três em especial.

Lingeries sexys

Eu nunca ouvi falar de uma mulher ou homem que não goste de uma lingerie. A peça pode ser pequena ou grande, preta, vermelha, branca, não importa. A lingerie tem o poder de despertar desejos e é muito bem vinda na hora da sedução, antes daquela preliminar gostosa e não é a toa que figura em primeiro lugar como um dos produtos mais vendidos. Eu cheguei a fazer um post de humor dizendo por que não compraria lingeries, mas a bem da verdade é que uma lingerie é um ótimo presente para sua parceira.

Só é bom ter uma certa noção na hora de escolher e usar uma lingerie bacana…

Lubrificantes

Existe uma gama enorme de lubrificantes diferentes, e dentre eles, o K.Y. é um dos mais conhecidos. Alguns possuem propriedades diferentes que dão uma sensação de frio ou calor ou são simplesmente neutros e ajudam bastante na hora do ato. Vamos combinar que saliva (ou o popular “cuspe”) não é exatamente a melhor coisa para tudo fluir bem não é?

Lubrificantes figuram em segundo lugar como o produto mais vendido.

Vibradores

Em primeiro lugar é importante salientar a diferença entre um vibrador e um dildo (ou consolo). O tamanho e forma pode ser o mesmo, mas a diferença óbvia é que um utiliza pilhas ou bateria para vibrar e outro não. Ok? Ok. Continuando… para minha surpresa, nessa lista os vibradores (ou dildos) figuram em décimo lugar dentre os acessórios sexuais mais vendidos no Brasil. Quando eu penso nos produtos de sex shop, logo imagino um desses, mas realmente, existem muitos outros produtos que são melhor utilizados e comprados.

Em resumo, independente do sexo ser bom entre você e seu parceiro(a), converse antes e tente ao menos uma vez introduzir algo novo às suas relações. É bem provável que a experiência seja muito boa. E caso as coisas não vão tão bem assim, é mais um motivo para tentar algo novo! Apenas lembre-se de que utilizar algo sempre é cair numa rotina… e rotinas apesar de seguras, são chatas e eventualmente você vai deixar aquilo de lado.

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *